NewsletterGoogle PlusTwitter Facebook

Publicado em:
24
8/2017

Expo Paisagismo Brasil comprova potencial do setor de Paisagismo no País

Encerrada na última sexta-feira (18), feira nasceu para oferecer produtos e informações que ajudem os profissionais a enfrentar os novos desafios da atividade.

Iniciativa inédita da Francal Feiras e da Associação Nacional de Paisagistas (ANP), a Expo Paisagismo Brasil foi encerrada nesta sexta-feira (18), em São Paulo. Em sua edição inaugural, a feira foi realizada simultaneamente à Expolazer & Wellness, principal evento de negócios do setor de piscinas, acessórios, spas e lazer outdoor.

A Expo Paisagismo Brasil foi criada para oferecer produtos e informações que ajudem os profissionais a enfrentar os novos desafios da atividade, como a crescente demanda por projetos com foco na sustentabilidade e no respeito à Natureza. Os resultados dessa edição inaugural comprovaram o grande potencial de crescimento do paisagismo no Brasil.

Para o presidente da Francal Feiras, Abdala Jamil Abdala, a primeira Expo Paisagismo Brasil foi “um sonho realizado”. Numa analogia com o próprio segmento da feira, diz que a semente foi plantada e, agora, resta cultivá-la para que se desenvolva cada vez mais. “Um setor forte precisa de uma feira forte. Vamos aplicar na Expo Paisagismo Brasil a mesma missão de todas nossas feiras: gerar oportunidades de negócios”.

A gerente de Negócios da Francal Feiras, Lúcia Cristina de Buone, lembra que a fusão da Expo Paisagismo Brasil com a Expolazer & Wellness veio coroar um planejamento de anos e beneficiou ambos os setores.

“Por um lado, a entrada de produtos de paisagismo ampliou e diversificou a oferta para os compradores e profissionais que visitam a Expolazer & Wellness e deu às empresas expositoras o acesso a novos clientes. Por outro, os expositores da Expo Paisagismo Brasil puderam manter contato com os milhares de compradores do setor de piscinas que tradicionalmente visitam a Expolazer”, avalia Lúcia.

A Expo Paisagismo Brasil reuniu empresas dos segmentos de plantas nativas e exóticas, vasos, softwares para projetos paisagísticos, iluminação e outros itens. Junto com a Expolazer & Wellness, recebeu 8.930 visitantes dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal, entre lojistas, compradores, arquitetos, decoradores, engenheiros, paisagistas, tratadores de piscinas, instrutores e alunos dessas áreas, e profissionais de hotéis, resorts, clubes e condomínios.

Na área do conhecimento, a Expo Paisagismo Brasil contou com uma ampla programação, oferecida nas Oficinas Técnicas e na Arena Viva. Somadas às palestras e workshops da Expolazer & Wellness, os visitantes tiveram mais de 50 horas de atividades à disposição.

A feira abrigou também o 2º Encontro ANP de Paisagismo, principal fórum para discussão de temas relevantes do setor, que contou com a participação do deputado federal Ricardo Izar, relator do projeto de lei para regulamentação da profissão de paisagista; do secretário municipal do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo, Gilberto Natalini, que comentou os projetos da pasta para reduzir o passivo ambiental da cidade; do professor norte-americano da Universidade da Pensilvânia, David Goldberg; e de renomados paisagistas brasileiros. O Encontro ANP foi encerrado com um jantar de confraternização e um dia inteiro dedicado a visitas técnicas no Jardim Botânico de Nova Odessa (SP) e na Vila Madalena, na capital paulista.

De acordo com Abdala, a promotora já começou a trabalhar no planejamento da próxima Expo Paisagismo Brasil, marcada para 6 a 9 de agosto de 2019, novamente de forma simultânea à Expolazer & Wellness.

Fonte: Primeira Página